Por Amanda Almeida!
Pessoal

Sobre os meus estudos para concurso


font img

Depois de 5 meses de retorno aos estudos para concurso, hoje posso dizer mais ou menos como tem sido esse período, e também porque não, os altos e baixos. Confesso que quando voltei a estudar comecei o processo com “gosto de gás”, estudava até 6h por dia, assistia várias vídeo aulas, e no fim do dia estava tão esgotada que mal conseguia assimilar uma linha que seja. O que começou a 100%, no fim ficou numa média de 30%, mas pra ser sincera não foi ruim, muito pelo contrário, acho por meio desses autos e baixos descobri meu estilo e a forma de estudar que mais se adequava a mim.

No início eu segui aquela regra de que quanto mais melhor, mas não era nada fácil estudar e trabalhar 8 horas por dia. O que eu fazia era o seguinte: eu trabalho de 8 as 18, com duas horas de almoço. No almoço assistia 2h de vídeo aulas, e no período de expediente, quando não tivesse nenhuma atividade especifica, ou que não me exigisse raciocínio, como carimbar, por exemplo, ficava ouvindo as vídeo aulas. Quando ficava além do horário normal, pois geralmente espero a carona do meu pai, assistia mais vídeo aulas, nesse esquema assistia umas 6h de vídeo aulas por dia. Em casa depois do jantar lia algumas coisas e por fim ia dormir. No fim das primeiras duas semanas eu já não estava aguentando mais, foi quando aconteceu o primeiro furo no cronograma, que se conciliou com as festas de fim de ano e tudo mais.

Quando entrou janeiro, permaneci com o ritmo de fim de ano, estudando menos, em média umas 4h dias, sempre assistindo as vídeo aulas, e quando não estava muito exausta lia alguns conteúdos da apostila. Quando me sobrava tempo, ao invés de estudar mais, eu ia fazer algo que me deixasse relaxada, e uma coisa que eu sempre fiz, mesmo no início mais intenso, foi nunca estudar aos sábados e domingos, pois esses pra mim são dias de organizar a vida pra semana seguinte e também curtir a família. Nas duas semanas que antecederam minha primeira prova, aumentei o ritmo por conta dos exercícios, mas quando ela passou voltei a estudar bem mais tranquilamente, o que antes era uma média de 4h por dia, ficou em uma média de 2h.

Nessa média de 2h por dia, comecei a estudar pra outra prova, e percebi uma coisa interessante, meu rendimento nessa segunda prova foi muito melhor do que na primeira. Tudo bem que o nível era completamente diferente, a primeira era uma prova de nível superior, e a segunda pra nível médio, mas tive um aproveitamento muito maior e uma absorção de conteúdo melhor. E o que eu percebi foi que eu aproveitei muito mais minhas 2h de estudo do que as minhas 4/6h, pois não estava estudando com aquela pressão de precisar cumprir xhs dia.

Então hoje, sem nenhuma prova marcada, estou em um momento de organização. Já tenho a notícia de uma possível abertura de edital, por isso estou reorganizando o meu cronograma de estudos, e desta vez não vou sair estudando milhões de horas feito uma louca. Vou continuar no meu ritmo de estudo, estudando 2h, se der um pouquinho mais vou sair no lucro, mas aproveitando da melhor forma possível essas duas horas. Vou continuar fazendo coisas que eu gosto; blogando (tô conseguindo manter uma rotina de postagens por aqui êba!), lendo meus dois capítulos diários do livro que estou lendo, jogando Rise of the Tomb Raider pelo menos uma vez por semana, ou sair de vez em quando com a família e os amigos, em síntese, estudando e continuando fazendo coisas que eu gosto de fazer. Talvez para alguns essas outras atividades sejam uma completa perda de tempo, mas pra mim são necessárias para o meu bem estar mental. Não consigo estudar sob pressão, e essa foi a forma que encontrei de conseguir equilibrar tudo. Pode acontecer de eu demorar um pouco mais pra passar em alguma coisa? Sim, ou não, quem sabe? O importante é que eu esteja bem e tranquila, ao invés de estressada e doente.

Enfim, esse post é só pra deixar vocês um pouco a par desse meu lado concurseiro. Se você também está nesse momento, boa sorte pra gente, e lembre-se sempre de encontrar o método que melhor se encaixe com o seu estilo de vida e também com a sua personalidade. Se você é da galera com estilo de estudo mais hardcore, tudo bem vai fundo, estou na torcida por você, mas se você é como eu, que tem um ritmo mais modesto, aproveite o máximo os momentos de estudos, e boa sorte pra gente também, que Deus nos abençoe e nos ajude nas provas futuras, que um dia a tão sonhada nomeação sai.

Forte abraço,

You Might Also Like...

12 Comments

  • Reply
    Jessica M
    25 de Abril de 2016 at 1:19 pm

    Você tem que encontrar o método que funciona pra você. Cada um tem um jeito de aprender, de decorar, alguns têm memória fotográfica e precisa escrever para decorar (o que é meu caso), outros precisam ouvir e ver vídeos aulas. Não tem fórmula.
    Quando estudava pra concurso e eu estava desempregada, eram 12 horas de estudo. E fui muito bem nas provas e consegui passar. É ótimo, dá mais motivação.
    Dar uma pausa de vez em quando é necessário ou a cabeça não aguenta hehe.
    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      25 de Abril de 2016 at 3:20 pm

      Oi Jessica,
      pois é, cada um tem uma personalidade e característica. Se eu não trabalhasse acho que conseguiria estudar mais, mas tento aproveitar o máximo o tempo que eu tenho.
      bjus

  • Reply
    Clayci
    25 de Abril de 2016 at 2:44 pm

    E você será recompensada por todo esse esforço, afinal vc está se preparando e irá alcançar o seu objetivo!!
    Aqui em casa, desde pequena, a forma de estudar é a mesma. Claro, que quando adolescente a pressão é menor, ás vezes. Mas, mãe sempre falava.. No máximo 3h de estudo, seu cérebro é uma máquina e precisa de intervalos rs..

    Desejo TODA sorte do mundo pra vc viu?
    Tá tão difícil sair edital esse ano né?
    A prova do INSS será agora em maio, =/

    Beijos

    • Reply
      Amanda Almeida
      25 de Abril de 2016 at 3:18 pm

      Obrigada flor ^^ Com fé em Deus uma hora passo. Pois é, esse ano tá difícil, mas enquanto isso vou estudando, bom que tem mais tempo pra se preparar.
      bjus

  • Reply
    Chell
    25 de Abril de 2016 at 3:14 pm

    Cada um tem um jeito de estudo, eu gosto de música por exemplo, me ajuda a concentrar, mas tem gente que não curte. Legal você ter se encontrado =D

    P.S.: Acho que o correto é “altos e baixos” e não “autos” ;D

    • Reply
      Amanda Almeida
      25 de Abril de 2016 at 3:16 pm

      Obrigada Chell, só agora percebi rsrsr obrigada de verdade às vezes mesmo fazendo a revisão acabo deixando passar alguma coisa. ^^

      Pois é, não tava dando ficar naquele ritmo louco, e assim me sinto muito melhor.
      bjus

  • Reply
    Lorraine Faria
    26 de Abril de 2016 at 10:46 am

    o negócio é a gente encontrar nosso ritmo né? eu mesma não consigo ficar diretão estudando, preciso de pausas em alguns intervalos de 40–50 minutos e volto. Aí acabo rendendo bem mais ;D E viu, muuuita boa sorte, força e foco, a recompensa ja já chega :**

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de Abril de 2016 at 10:23 am

      Obrigada Lorraine ^^
      =*

  • Reply
    Juliana
    26 de Abril de 2016 at 11:44 am

    Sempre tive curiosidade de como uma pessoa faz pra estudar pra concurso e trabalhar ao mesmo tempo. O post foi bem completo e com certeza ajudará muitas pessoas que estão sem norte em como estudar pra concurso. Eu penso em estudar pra concurso no futuro, mas no momento não. Foi ótimo saber como você faz 🙂 Boa sorte e bons estudos :*

    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de Abril de 2016 at 10:28 am

      Que bom que gostou do post Juliana, de fato não é fácil, mas com determinação e organização é possível.
      Abraços.

  • Reply
    Thay
    26 de Abril de 2016 at 4:12 pm

    Comigo também não funciona estudar 39 horas sem parar, preciso de um descanso, um momento para me divertir, caso contrário eu surto e não assimilo mais nada. Acho que seu ritmo está ótimo, é basicamente o que funcionava para mim enquanto estava na faculdade, de 2h a 3h de estudos, por aí. E final de semana também era sagrado, a não ser quando eu tinha um mega projeto maluco cheio de coisas pra fazer, haha, aí não dava e tinha que abdicar do ócio em prol da nota. Enfim, boa sorte para você nessa jornada! =**

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de Abril de 2016 at 10:32 am

      Obrigada Thay ^^, é difícil as vezes, mas dividindo as coisas assim e aproveitando o máximo do meu tempo, acho que estou aproveitando melhor e absorvendo mais. Um dia eu chego lá.
      bjus.

    Leave a Reply