Por Amanda Almeida!
Blog

Sobre blogar e a busca desenfreada pelo sucesso!


Ola leitores, tudo bem?
Há algum tempo tenho refletido sobre blogar e toda essa onda de blogs famosos, mas nunca verbalizei aqui no blog o que eu penso sobre tudo isso. O post de hoje vai ser mais ou menos isso, mas aqui não vou escrever uma crítica sobre o assunto, mas sim a minha opinião a respeito e do porquê de não ser uma boa ideia começar a blogar almejando apenas o sucesso.

Quando comecei a blogar há uns anos atrás, mais especificamente em 2007, o primeiro blog que criei foi um fãblog de minha banda favorita, os Backstreet Boys. A verdade é que eu não fazia muita ideia do que era de fato blogar, o que era produzir um conteúdo, mas eu queria que meu blog fosse lido, e que tivesse visibilidade e importância. Todos nós queremos não é mesmo? Afinal, ninguém gosta de escrever para as paredes.

Depois do fãblog iniciei meu blog pessoal, que durou certo tempo. Naquele momento a onda eram os blogs bem, mas bem pessoais mesmo, com layouts fofinhos e bevelados; e os top blogs eram aqueles com tutoriais e conteúdo free para download. O meu ideal de blog eram justamente esses, e a maioria deles me inspiraram e ainda inspiram até hoje, mas como esses blogs conseguiram se manter por tantos anos enquanto muitos outros blogs daquele tempo simplesmente deixaram de existir? Na minha humilde opinião é a mistura de dois fatores: identidade e dedicação.

Agora porque eu estou dizendo tudo isso? Como eu disse, em toda a minha vida eu já tive vários blogs, mas o que mais durou é justamente o Você é o que lê. E depois de ter todos esses blogs eu percebi que para manter um blog é necessário amá-lo, mas também ter uma identidade e dedicação para mantê-lo. O que eu vejo com grande frequência em grupos de blogs são pessoas que criam blogs inspirados em um ou outros blogs que são famosos. Isto é errado? Claro que não, neste mundo de meu Deus está cada dia mais difícil ter uma ideia genuína, eu quando criei o meu também me inspirei, mas inspiração é muito diferente de cópia. Criar um blog pra ser igual a outro, ou porque você quer que seu blog seja tão famoso quanto o de beltrano não dá certo e a probabilidade de você abandonar seu blog na mesma velocidade em que o Flash sai de Central City para Starling City é enorme(ok, exagerei).

Blogar é algo que demanda tempo, compromisso e criatividade. Você precisa, além de conhecer minimamente sobre aquilo que escreve, precisa gostar daquilo que escreve, do contrário vai enjoar, e no fim o abandono é simplesmente uma consequência. Acredito que a maioria das blogueiras com reconhecimento hoje, também passaram por momentos complicados, mas a necessidade de compartilhar algo que elas gostavam era simplesmente maior, por isso estão ai ate hoje, sempre se reinventando, afinal, nós somos seres mutáveis e mudamos com o passar do tempo. Percebem a diferença?

Se querem saber minha opinião, não vale a pena começar um blog com o intuito de se ter reconhecimento imediato. Isso é consequência e não prioridade. Por isso não comece assim. Compartilhe aquilo que gosta. Se gostas de ler, compartilhe suas leituras e opiniões. Se gostas de maquiagem, moda, seja lá o que for, fale do que você gosta de maneira sincera sem superficialidade. Eu sei que há todo um mercado ai fora, e é atrativo, mas se de uma coisa eu tenho certeza é que o mercado também é mutável, e muda com uma rapidez impressionante. Muitas vezes o que hoje está no auge, amanhã não estará. Pelo amor de Jesus, não sai por ai gastando o que você não tem só porque você viu que determinada blogueira tem isso ou aquilo, ao invés disso invista em você. Conhecimento é algo que ninguém pode te tirar. Roupas se perdem, maquiagens se estragam, equipamentos eletrônicos ficam obsoletos, mas conhecimento nunca é de mais, e com certeza vai te ajudar e muito a conquistar tudo isso que acabei de citar.

Sei que já falei de mais nesse post, mas reflitam um pouquinho ok? Eu mesma estou refletindo, pois todos nós blogueiros temos algo que nos motiva a blogar. Seja por trabalho, lazer, necessidade, mas todos temos algo que nos faz sentar em frente ao pc e começar a escrever para vocês. E te garanto que a grande maioria não está ganhando nenhuma dilma pra isso, apenas a satisfação de compartilhar algo com vocês. Por isso se você quer criar um blog, crie e seja muito bem vindo a esse mundo, será um prazer te escutar, mas não crie apenas por que outros estão criando ou já o possuem, crie por você.

Abraços,
Amanda Almeida

You Might Also Like...

No Comments

  • Reply
    Ryokobel
    19 de maio de 2015 at 11:34 am

    Oi Amandinha, tudo bem contigo ???
    Flor, eu simplesmente amei o seu texto !!! Você disse tudo o que eu penso, tudo o que já passou pela minha mente algum dia, ou que as vezes insiste em passar. Concordo com cada palavra sua !!!
    Não é fácil ter um blog, muitas vezes, talvez por causa do grande sucesso das blogueiras de moda (posso estar errada, mas acredito que esse seja o nicho mais bem sucedido no ramo de blogs né?!), as pessoas acreditam que é muito fácil ter um blog e ganhar dinheiro com ele … Uma grande ilusão.
    Eu tenho o blog desde 2012, e durante dois anos, eu falava literalmente para as paredes, rsrsrs, demorou todo esse tempo para que ele começasse a ter visualizações e comentários, e ainda assim, eu não ganho nada com ele. Mas é como você disse, tem que gostar, tem que falar sobre o que a gente gosta, não adianta ter um blog esperando que ele seja super famoso …
    Adorei o texto, vale a reflexão, e vale como uma dica e um bom aviso para aqueles que estão iniciando ou pensando em começar um blog !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 9:32 am

      Oi Bell, tudo bem?
      Onde você estava flor que eu não tinha te encontrado antes!!!!!?????
      É complicado mesmo flor, mas as coisas simplesmente acontecem, de uma hora para outra quando a gente menos espera. E tem que amar, se não, no primeiro desanimo, abandona.
      bjus.

  • Reply
    yasnaya
    19 de maio de 2015 at 12:51 pm

    Quando eu comecei em 2006 com um blog de moda, minha intenção era essa, tipo ter muitos seguidores já pensando nas parcerias. Com o tempo me senti muito fútil. Deletei o blog.

    Mas adoro escrever, é uma necessidade. Então comecei outro, deletei, comecei mais dois, até chegar ao atual que adoro e com certeza é a minha cara.

    Quando alguém comenta, me dando um toque, acrescentando o que eu disse, me sinto ótima. Eu tenho uma lista enorme de links no meu blog, de blogs pessoais, daqueles iguais ao seu, que são a cara do seu dono. Que falam sobre a vida, sobre livros, enfim, que são autênticos. E só aumenta, tem muito blog maravilhoso por aí e vale ser compartilhado.

    A melhor parte de se ter um blog, depois de tantos anos blogando, que eu entendi , é o aprendizado. Aprendo tanto, sobre variados temas, aprendo sobre a vida, quando alguém vai relata seu dia, ou apenas mostra uma foto. Pra mim, mais do que qualquer retorno financeiro com se trabalhar com o que se gosta, é isso – aprender.

    Adorei teu texto, ele só tem verdades aí.
    Parabéns. estarei por aqui 🙂

    xero

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 9:29 am

      Oi Yasnaya, tudo bem?
      Antes de tudo obrigada e seja sempre bem vinda.
      Blogar é algo maravilhosos, e como você disse não dá pra ficar estacionado, e a interação sempre faz com que a gente cresce, e isso que é magico, e os leitores percebem, com toda certeza. E o importante é fazer por amor, o resto vem por acréscimo.

  • Reply
    Ana Paula Barreto
    19 de maio de 2015 at 5:11 pm

    Oi Amanda!
    Mais um excelente texto!! Como eu disse em outro post, você tem muito conteúdo! É uma honra conhecer melhor a forma como você pensa.
    Quanto ao assunto, concordo plenamente. Começar um blog por ganância (se é que posso chamar assim), não é promissor. Na hora que o reconhecimento imediato não vier, ou quando outras atividades cotidianas pesarem, o que vai segurar a motivação para continuar?
    Leio postagens em vários blogs, mas confesso que acabo só acompanhando sempre aqueles que vejo um diferencial (como o seu). Se o blogueiro ama o que faz, ele se empenha, se dedica. E isso reflete no conteúdo, que, mesmo não sendo 100% inovador (e não há necessidade de ser assim), deve mostrar a personalidade daquele que o criou.
    Por isso, te parabenizo por estar fazendo a coisa pelos motivos certos. Que o seu blog dure muito, enquanto isso te fizer bem. Sempre que puder, estarei acompanhando!
    bjs

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:40 am

      Oi ?Ana, tudo bem flor?
      Haa obrigada, de verdade. Blogar é algo que demanda tempo, e mesmo que eu não dedique o tempo que gostaria, fico feliz de poder estar por aqui, e espero poder continuar por muito tempo, pois isso me faz muito bem.
      e obrigada por sempre estar aqui, você é uma pessoa muito querida.
      bjus.

  • Reply
    Jessica M
    19 de maio de 2015 at 5:53 pm

    Olá Amanda!
    Tenho visto muita gente comentar a mesma coisa, pela busca pelo sucesso e como a blogosfera já foi muito melhor.
    Concordo plenamente com tudo o que disse! Mas também tem algo que pensei esses dias, meio que uma razão para isso acontecer. Quando surgiu a onda das blogueiras famosas fazendo anúncios, muitos pensaram que essa seria uma forma conveniente de ‘ganhar dinheiro fácil’. Muitos pensam que a vida dessas blogueiras só resume a viver num mundo de fantasia, ganhando bem e viajando pra lá e pra cá. E querendo tudo isso também, por isso tentam investir de forma frustada no blog.
    Mas ainda assim, se não houver amor de verdade pelo que faz, não vai dar certo.
    O meu é uma válvula de escape, um hobby. Se livrar um pouco dos problemas e ter um cantinho assim pra cuidar é muito gostoso, melhor que terapia! rsrsrs
    Adorei o texto!
    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:35 am

      Oi Jessica, tudo bem flor?
      Também percebi isso. Mas essas blogueiras que conseguiram esse status trabalharam e ainda trabalham muito. Não é algo fácil, e essa é justamente a ilusão de muitas pessoas que começam a blogar almejando o sucesso.
      Meu blog também é uma válvula sabe? porque eu não trabalho na minha área de formação, e ele meio que serve pra me sentir tendo certo prazer em algo, já que não consegui ainda trabalhar fazendo aquilo que gosto.
      bjus.

  • Reply
    Cida
    20 de maio de 2015 at 8:58 pm

    Oi Amanda! Eu faço por amor, mesmo quando chego mega cansada do trabalho tenho ânimo para blogar e interagir com outros blogueiros. O blog é um cantinho para relaxar e esquecer o estresse do dia a dia, e além disso meu espaço para compartilhar algo que amo, livros.

    Adorei o post.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:32 am

      Oi Cida, tudo bem?
      Te admiro de mais, pois imagino sua rotina, e você sempre tem um dos blogs mais queridos por mim. E de fato, blogar precisa ser algo que nos desestresse e pra escapar um pouco dos problemas cotidianos.
      bjus flor.

  • Reply
    Kemmy Oliveira
    21 de maio de 2015 at 5:34 pm

    Amanda!
    Estou conhecendo seu blog agora porque vi uma indicação.
    Primeiramente, que layout lindo! Adorei mesmo.
    Agora sobre o texto: eu também já tive vários blogs, nenhum “foi pra frente” de verdade simplesmente porque eu não tinha um foco e desanimava só porque tinham poucas visitas. Ou seja, além de não saber bem o que fazia, eu era impaciente! Além disso, eu falava de assuntos que nem eram do meu interesse, como por exemplo maquiagem. Eu curto maquiagem, mas não curto e nem sei falar sobre maquiagem!
    Quando “me descobri” uma leitora voraz, percebi que poderia ter futuro falando sobre isso. E aí, vendo tanto blog lindo, me inspirei pra criar um. Hoje em dia ele não é uma prioridade, confesso. Mas aos poucos pretendo ir tornando-o um ambiente bacana, que as pessoas gostem de visitar e ler. Com tempo, sem pressa e com muita paciência dessa vez! Afinal, acho que um blog deve ser – antes de tudo – algo que nos ajude a relaxar, não a nos estressar ainda mais!
    Muito sucesso pra você!

    Beijos,
    Duas Leitoras

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:28 am

      Oi Kemmy, tudo bem?
      Obrigada, que bom que gostou.
      Acho que quando nos descobrimos tudo fica muito mais fácil. Também já tive outros blogs que abandonei por simplesmente por perder o interesse, e quando comecei o Você é o que lê, me encontrei de verdade. E o que você disse é verdade, blogar tem que se ruma atividade prazerosa, se não,se torna algo pesado e cansativo.
      abraços, e seja bem vinda 😉

  • Reply
    Andrizy
    22 de maio de 2015 at 6:08 pm

    “Blogar é algo que demanda tempo, compromisso e criatividade. Você precisa, além de conhecer minimamente sobre aquilo que escreve, precisa gostar daquilo que escreve, do contrário vai enjoar, e no fim o abandono é simplesmente uma consequência” – verdade!

    Eu vou concordar com você, Amanda. Tem muita gente que inicia um blog só almejando a fama e o reconhecimento. Saudade de quando mais gente blogava por amor mesmo. Para ter um espaço para reunir suas ideias na internet e compartilhá-las com outros que, porventura, venham a apreciar seu estilo de escrita, dentre outras coisas. Ótimo texto 🙂

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:24 am

      Oi Andrizy, tudo bem?
      Também sinto saudades sabia? Hoje pra te ser sincera eu não sei se acredito de fato no que muitos blogueiros falam, pois tem muito blog que eu vejo apenas como plataforma de divulgação. :/
      Obrigada por ter lido.
      Abraços.

  • Reply
    Renata (do blog Escuta Essa)
    22 de maio de 2015 at 10:21 pm

    Oi
    Gostei do seu post 🙂
    Quando criei meu blog eu só pensava em encontrar outros amantes de livros que gostassem de compartilhar suas ideias e teorias sobre as histórias. Seguidores foram acontecendo com o tempo…

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:22 am

      Oi Re, tudo bem?
      É sempre assim né? E depois as coisas simplesmente acontecem.
      forte abraço.

  • Reply
    Nana
    24 de maio de 2015 at 2:18 pm

    Oi Amanda,
    Pois é, eu ando pela blogosfera desde essa época e lembro dos pessoais. Cheguei a ter um mas não deu certo haha daí optei por um com ‘goodies’ e deu muito certo…migrei parte dele para o Tumblr e fiquei só com Obsession de blog mesmo haha fora isso eu perdi as contas de quantos flogões e flogvips que tive! E tudo foi sempre assim, sempre envolvendo a disputa pelo mais famoso, quem tinha mais visita. Acho que é por isso que tive tantos, porque apesar de não me envolver nesse tipo de competição, as pessoas me faziam estar.

    Percebo que hoje em dia, muitas pessoas criam blog por motivos egocêntricos e acabam frustadas de cara, daí os blogs nem duram muito.

    Criei o Obsession numa época meio estranha da vida e ele me ajudou/ajuda com tanta coisa, psicologicamente. Fico feliz que pelo menos uma pessoa leia uma opinião minha sobre alguma coisa. E o que chega é consequência.

    bjs e tenha uma ótima semana
    Nana – Obsession Valley

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:18 am

      Oi Nana, tudo bem?
      Aqueles foram tempos divertidos, e também já tive alguns que acabei abandonando, mas a vida é assim. Acho que o mais legal é quando a gente encontra de fato o nosso perfil de blog, ai fica bem mais fácil.
      Também sou assim,. fico muito feliz de ler um comentário sincero de alguém, mesmo que seja um, mas isso já me deixa muito feliz.
      bjus.

  • Reply
    Brubs
    25 de maio de 2015 at 11:09 am

    Oi Mandy!!!
    Me vi nesse post. Eu criei o blog e mantive ele durante quase 3 anos e uns dias atras resolvi fechar as portas dele, não pq cansei, ta eu cansei. Mas por falta de tempo e tbm por alguns problemas pessoais. Porém meu amor falou mais alto e pesei na balança, resolvi voltar mas como colunista, bem menos trabalhoso. Para mim, o que vale é o forma como vc pode transmitir sua opinião, discutir suas ideias com outras pessoas e o melhor conhecer pessoas que gostam da mesma coisa que vc, nunca pensei em ter fama em cima do blog, nunca pensei em ser conhecida, isso esta destinado somente à alguns, não para mim. Não ligo de ter poucas visitas e poucos comentários, mas basta uma pessoa ler e se identificar já vale por mil cliques.
    Amei seu post e me identifiquei 100%. Parabéns e venha me visitar no blog novo <3
    Brubs
    O Diário do Leitor

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:16 am

      Oi Brubs, tudo bem flor?
      Também acho que não nasci pra ter um blog muito famoso, fico tentando imaginar o trabalho que deve dar manter, nunca conseguiria.
      E com certeza vou te visitar lá no O diário do leitor, que bom que ainda teremos resenhas suas.
      bjus.

  • Reply
    Kamila Villarreal
    25 de maio de 2015 at 2:19 pm

    Olá!

    Concordo contigo! Tudo muda, mas o mais importante é a nossa autenticidade!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

  • Reply
    Paloma
    25 de maio de 2015 at 7:32 pm

    Aii é complicado! Tem pessoas que acham que vão fazer um blog e ficar famosas do dia para a noite. Sei lá porque pensam isso. kkkkkkkkkk Tem gente com blog há mais de 7 anos e não tem nem fama. E tem outras que fazem blog e da noite para o dia já estão sendo aclamadas. Acho importante fazer o que gosta e ponto. O que tiver que ser … será.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    • Reply
      Amanda Almeida
      27 de maio de 2015 at 8:07 am

      Oi Paloma, tudo bem?
      É engraçado isso né?, mas acho que é como na loteria, uma questão de sorte. Só me preocupa a quantidade de pessoa que criam um blog simplesmente pra ter sucesso, e isso leva tempo na maioria das vezes e muita dedicação. Você disse uma verdade, deve ser fazer o que gosta e ponto.
      bjus

  • Reply
    Marla
    25 de maio de 2015 at 9:46 pm

    Oi Amanda,
    O blog requer dedicação, mas quando você faz algo que gosta, acaba não sendo algo cansativo e sim algo que você faz por prazer. Gostei do post *-*

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

  • Reply
    Larissa Santos
    27 de maio de 2015 at 8:23 pm

    Oi Amandinha,
    Bacana o texto, gostei da sua opinião e compartilho dela rsrs. Todo dia tem gente mandando mensagem “visite o meu blog”, querendo número, mas nem se preocupam com o conteúdo, estou sumida só pela questão do tempo rsrs, porque amo esse cantinho.
    Beijocas ^^

  • Reply
    Joi Cardoso
    31 de maio de 2015 at 7:33 pm

    Lindo texto Amanda, e muito reflexivo, infelizmente inclusive na blogosfera literária tem gente que procura criar um blog APENAS para receber livros e isso é lamentável =/

    Beijos Joi
    Estante Diagonal

  • Reply
    Myrlena Raquelly
    1 de junho de 2015 at 9:41 am

    Amei o texto, Amanda!
    Você tem razão. Muita gente já começa o blog almejando o sucesso que outra blogueira tem, se frustra porque leva tempo para alcançar o sucesso, e larga o blog.
    E depois que blog começou a dar dinheiro e dar produtos pra testar, o que tem de gente criando blog de moda, maquiagem… Não condeno se você realmente gosta! Mas tem gente que só quer ser igual à fulana que recebe mil produtos, muitas dilmas e faz muitas viagens.
    Pra falar a verdade, me sinto um pouco carente de blogs com bons conteúdos. :/
    Beijoss

  • Leave a Reply