Por Amanda Almeida!
Blog

Processo de Criação das Postagens

Oi, oiii
Há uns bons anos atrás, uns 10 pra ser mais específica, quando enfim conseguimos colocar internet banda larga lá em casa comecei a me interessar por design, tratamento de imagem e por ai vai. Foi mais ou menos nessa época que decidi criar um blog, mas só depois de um tempinho é que de fato criei meu blog pessoal. Nessa época não me importava e nem me preocupava tanto com o que eu escrevia, era tudo tão natural naquela época, você podia escrever que passou a tarde inteira assistindo televisão e comendo brigadeiro que estava tudo ok! Blogar era um hobby, quase como uma conversa intima com as pessoas que te acompanhavam.

Claro que isso mudou drasticamente e hoje blogar se tornou uma profissão. E parando pra pensar a respeito do meu processo de criação das postagens, percebo que levo tudo com uma seriedade e cuidado quase de um trabalho cientifico, pois qualquer besteirinha hoje é capaz de causar um tsunami. Então, hoje gostaria de compartilhar com vocês justamente isso, esse processo criativo, pois confesso que esse é um tipo de postagem que eu amo ler. Conhecer um pouco do processo de quem escreve e até mesmo anotar dicas e adaptar para a minha realidade.

Escrever, escrever e escrever.

Se tem uma coisa que eu gosto é de escrever. Então, quando sento pra escrever uma postagem, a primeira coisa que eu faço (obviamente) é escrever. Não me preocupo inicialmente com concordância, ortografia, nem nada. Vou escrevendo de forma livre. E vou confessar pra vocês, essa é a melhor coisa do mundo. Sabe quando você conversa com aquela pessoa, sem se preocupar de estar falando direito, pois bem, é bem isso. Claro que não publico o texto dessa forma, e raramente(lê-se nunca) a primeira versão fica intacta depois das correções, mas não nego que essa é a parte mais relaxante de criar uma postagem.

Leitura e correção.

Eu sempre leio uma, duas, às vezes umas três vezes a postagem antes de clicar em publicar. E olha que ainda acontece de sair com erros. Esse é um processo necessário, afinal ninguém gosta de ler textos mal escritos, e também é o momento em que editamos partes que podem ter ficado sem sentido ou fora de contexto.

Pesquisar

Dependendo do assunto que for abordado na postagem sempre pesquiso(muito), sejam assuntos propriamente, para não falar besteira, ou até mesmo termos. Pesquisar nunca é de mais e enriquece o seu texto. Afinal, não nascemos sabendo de tudo, e novos conhecimentos sempre agregam. Então, não tenha preguiça de pesquisar sobre os assuntos que gostaria de abordar em seu blog.

Imagens que se relacionem

Confesso que esse meu cuidado com as imagens é recente. Mas aos poucos comecei a me preocupar com elas, afinal, elas mudam completamente a estética da postagem. Tenho tentado começar a fotografar também, pois deixam a postagem ainda mais pessoal e com a personalidade do blogueiro. E isso é algo bem legal. Hoje consigo identificar o estilo dos blogueiros que sigo pelas imagens que eles colocam na postagem. Por isso é sempre legal colocar algumas imagens na postagem para deixa-la visualmente ainda mais bonita. Sejam imagens suas ou recolhidas na internet. E claro, nunca se esqueça de referenciar o dono da imagem.

Amar o que você está fazendo

As postagens que trago aqui para o blog são de assuntos que eu realmente amo. Afinal, não adianta em nada falar de assuntos que não tem nada a ver com você. Um exemplo: hoje não escreveria sobre dieta ou coisas fit por simplesmente não ter nenhuma relação com a pessoa que sou hoje, não faz parte do que eu sou, em consequência não faz sentido trazer esse conteúdo pra cá.

Enfim, esse é mais ou menos o meu processo. Pesquiso, escrevo, pesquiso mais um pouco, reviso, fotografo ou busco imagens, reviso de novo e de novo, amo muito aquilo que acabei de fazer e então publico. Mas gostaria de dizer que não há uma ordem nem uma regra na hora de criar um conteúdo. Cada pessoa tem o seu jeito, sua técnica e processo. Busque por dicas, encontre o seu jeito e seja você o blogueiro. Se tem uma coisa que aprendi nesses anos é que cada um tem o seu jeitinho de fazer as coisas.

Espero que tenham gostado,
Forte abraço e ótimo fim de semana.

(Fonte das img:1, 2)

You Might Also Like...

19 Comments

  • Reply
    Fran Oliveira
    7 de abril de 2017 at 4:48 pm

    Somos totalmente parecidas no processo de postagem, eu também escrevo tudo e depois vou revisando o texto, assim acho que facilitar ainda mais a criação do conteúdo. Acho que antes de falar sobre algo é ótimo pesquisar, sempre faço isso, tenho que ter bastante certeza do que estou postando. Imagens, com certeza é o essencial, E claro, o mais importante é fazer com amor.
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 4:57 pm

      Oi Fran. Ser blogueiro é maravilhoso né? Mas dá trabalho. Bom saber um pouquinho do seu processo também.
      bjus

  • Reply
    Camila Faria
    7 de abril de 2017 at 5:51 pm

    E tem gente que ainda diz que ter um blog é molezinha, né? Só quem tem um e se dedica de corpo e alma sabe o trabalho que dá ~ e a delícia que é! Adorei saber mais sobre o seu processo de postagem Amanda!

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 4:57 pm

      Pior né Camila? Que bom que gostou Camila.
      bjus

  • Reply
    Mari
    7 de abril de 2017 at 7:12 pm

    É mais ou menos o que eu faço também. E não consigo escrever sobre o que não amo, hahahaha. Meu blog tem a minha cara porque nele eu falo sobre o que gosto.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:00 pm

      É impossível escrever sobre algo que não gostamos não é? Quem ler acaba percebendo.
      bjus

  • Reply
    8 de abril de 2017 at 9:05 am

    Confesso que a parte que tenho mais preguiça é de corrigir. Eu tendo a escrever um post e publicar, porque tenho dedinhos nervosos que não sabem esperar. Daí eu publico e leio (!), então vou corrigindo. Mas é um processo todo errado, não façam isso casa hahaha.

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:08 pm

      Oi Vê,
      Acho que não existe essa forma de processo certo ou errado. esse é o seu método e funciona pra você, e é o que importa.
      bjus

  • Reply
    Esther
    8 de abril de 2017 at 11:37 pm

    Olá Amanda, tudo bem?
    Amei o post, e fico muito feliz em saber que estou fazendo certo.
    Eu faço assim mesmo só que não na mesma ordem, eu pesquiso, escrevo e corrijo.
    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:16 pm

      Oi Esther,
      Que bom que gostou da postagem.
      bjus

  • Reply
    Bruna Morgan
    9 de abril de 2017 at 6:31 pm

    O leitor percebe quando a postagem foi escrita com vontade ou de modo arrastado. Acho que a principal receita para um bom blog é ter posts escritos com amor *-*

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:17 pm

      Com certeza Bruna.
      Bjus.

  • Reply
    Priih
    9 de abril de 2017 at 10:38 pm

    Oi Amanda, tudo bem?
    Apesar do blog não ser minha profissão nem me dar dinheiro, também sigo todos esses passos, e sou muito criteriosa com o conteúdo e a qualidade. Gostei muito do post e concordo totalmente que o conteúdo deve ser feito com muito amor, porque os leitores sentem isso. <3
    Beijos,

    Priih
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:18 pm

      Oi Priih,,
      Que bom que você gostou, fico feliz. E de fato, os leitores com certeza percebem.
      bjus

  • Reply
    Andréia Campos
    16 de abril de 2017 at 4:17 am

    Eu admiro quem consegue fazer assim, por passos… acho muito mais estruturado!
    Normalmente escrevo o texto e enquanto isso fico mudando as frases de lugar, até achar o ponto que gosto. O problema é que as vezes faço tanto isso que acabo deixando erros de concordância bem gritantes, pq quando mudei a ultima vez o texto de lugar , esqueci de adaptar alguma coisa para encaixar.
    Também leio várias vezes o texto antes de publicar, mas parece que como eu já sei o que quero dizer, o cérebro fica condicionado e acabo não percebendo os erros. Minha mãe que as vezes me corrige, hehehe.
    E a pesquisa… ah a pesquisa! Para muitos assuntos, a parte mais demorada. E outras, a gente se perde lendo e lendo…. quando vai ver, passamos horas distraídas lendo sobre o assunto e temos conteúdo mais que suficiente pro post, né? kkk
    Gostei muito do post , Amanda!

    Beijo 😉
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      17 de abril de 2017 at 5:20 pm

      Que bom que gostou Andréia. Eu às vezes tenho esse problema de não perceber o erro também, por isso acaba passando algumas coisas, ai quando percebo corrijo e atualizo de novo a postagem.
      bjus

  • Reply
    Daniella
    18 de abril de 2017 at 5:12 pm

    Amar o que está fazendo, com certeza é a coisa mais importante. Eu levo o meu blog como um hobbie mesmo, mas sempre tento deixar ele com a minha cara, quem sabe um dia vira uma profissão, né? 🙂

    Beijão,
    Desencana mina! | Boho Art Store | InstaBoho

  • Reply
    Beatriz Cavalcante
    25 de abril de 2017 at 1:54 pm

    Eu também gosto muito de escrever e passei pelos mesmos processos que você de escrever como hobby e hoje tentando tornar isso uma profissão ou pelo menos uma renda extra. E você falou exatamente o que eu penso de escrever algo e se tornar um tsunami. Muitas coisas eu pesquiso antes para ver se está correto e já deixei de escrever outras com medo desse tsunami, sabe? Mas também adoro pesquisar imagens que se encaixem ou até mesmo arriscar tirando minhas própria fotos, etc. ^^

    Beijos!

  • Reply
    Dai Castro
    25 de abril de 2017 at 3:35 pm

    Acho que gostar de escrever foi uma das minhas motivações para criar o blog e só quem gosta vai entender como é bom produzir um conteúdo de qualidade para a Internet e quão trabalhoso é, afinal, é um processo com muitas etapas!
    <3
    Colorindo Nuvens

  • Leave a Reply