Por Amanda Almeida!
Leituras

1#Personagem da vez: Sorcha de Sevenwaters


A filha da Floresta é um dos meus livros favoritos, tanto que já o li mais de 8 vezes, e provavelmente esse número tem a tendência a aumentar, sempre que sentir saudade dos personagens que compõem essa bela estória.

O livro conta a história de uma princesa Irlandesa, 7 filho, de uma família que seguia as antigas tradições e que e eram os guardiões da mítica floresta de Sevenwaters, e que dava nome a fortaleza onde ela morava. No inicio da história, Sorcha não passava de uma criança selvagem, criada basicamente por seus seis irmãos mais velhos e que tinha um conhecimento vasto de histórias e sobre ervas e suas propriedades curativas.

Infelizmente uma maldição de abateu sobre sua família, e seus seis irmãos são condenados a viverem como Cisnes, com exceção apenas das noites de Solstício de verão e de inverno em que voltavam a sua forma humana, até o dia que a maldição fosse quebrada. Para que isso acontecesse, apenas o trabalho árduo de sua irmã, com o fuso e a roca, as fibras de morugem, e o pior de todos os castigos para uma contadora de histórias, o silêncio, durante toda a tarefa; somente desta forma a maldição poderia ser quebrada.

Sorcha é uma personagem cativante, e acompanhamos sua missão durante toda a história. Mesmo sendo um pouco mais que uma criança, ela tem uma perseverança e um amor incondicional por seus irmãos, e esse amor juntamente com o dever, é capaz de lhe dar forças em momentos em que sua resistência é testada ao extremo.

Outra coisa bela nessa personagem é a sua forma particular de amar. A história de amor de Sorcha e Hugh de Harrowfield (Red) é uma das mais lindas que já li. Pura em sua essência e singela. Um amor sincero que foi capaz de vencer as diferenças de origem e o medo. Àqueles que ainda não leram esse livro, esta mais do que recomendo. Infelizmente não foi publicado no Brasil, mas é possível encomendá-lo na livraria Cultura; o livro esta em português de Portugal, mas acho que caiu muito bem, pois deu um ar mais rústico e antigo ao livro.
Abraços,

You Might Also Like...

2 Comments

  • Reply
    Jacqueline Braga
    23 de março de 2012 at 6:06 pm

    Não conhecia o livro, mas achei a história linda.
    Me lembrou um pouco a maldição do tigre, mas com algumas diferenças, é claro.
    Anotei a dica aqui e pretendo comprar e ler em breve.
    bjos

  • Reply
    Bruna
    27 de março de 2012 at 12:14 am

    nunca tinha ouvido falar desse livro, mas pelo enredo e pela quantidade de vezes que você já leu deve ser coisa muito boa mesmo!
    fiquei suuper curiosa.

    megaa bjoo
    ;**

  • Leave a Reply