Por Amanda Almeida!
Leituras

O Jardim de Palavras (Kotonoha no Niwa) – Makoto Shinkai

Esse foi um dos mangás em que eu fiquei namorando no site da amazon durante um bom tempo. Com as promoções do dia do orgulho nerd, resolvi adquiri-lo e matar a minha curiosidade, pois o que mais me encantava nele até então era essa capa maravilhosa. E adiantando, me arrependi por não ter lido antes.

O Jardim de palavras.

Jardim de Palavras(Kotonoha no Niwa)  é um mangá que nada mais é que a adaptação da animação de mesmo nome. E mesmo a ordem estando invertida(pois geralmente são os mangás que são animados posteriormente), decidi ler o mangá para depois conferir a animação. A história tem um tom quase que poético. Acompanhamos o personagem Takao Akizuki, um garoto que estava no início do ensino médio e que tinha como sonho se tornar um sapateiro. Em dias de chuva ele costumava matar aula, indo para um jardim onde matava o tempo enquanto projetava alguns sapatos. Certo dia ao ir para o jardim ele encontra uma mulher misteriosa que apenas bebia cerveja e comia chocolates. No início os dois ficavam em completo silencio, mas aquele tipo de silêncio “curioso”, que logo foi quebrado, e os dois começaram uma amizade quase que improvável.

Jardim de Palavras

Eu achei o mangá bem poético justamente por isso. Eles não faziam ideia de quem eram, mas aos poucos a amizade deles foi crescendo, ao ponto de Akizuki confidencializar seu sonho de se tornar sapateiro. E nesse ponto entendi o sentimento do personagem. Ele tinha medo de confessar seu sonho para seus professores, mas para aquela mulher estranha que sempre o ouvia sem demonstrar nenhum tipo de julgamento, ele foi capaz de abrir seu coração, o que é engraçado, pois às vezes é mais fácil contar algo assim tão intimo para um estranho, do que para alguém que você realmente conheça.

Jardim de Palavras

O enredo tocou em pontos também muito delicados, como o relacionamento entre alunos e professores, e como em diversos momentos situações que fogem do nosso controle podem modificar de maneira drástica nossas vidas. Quando cheguei ao final do mangá senti o peso das revelações, mas ao mesmo tempo senti alívio, e comecei a viajar refletindo sobre uma série de coisas. Muitas vezes não fazemos ideia do impacto que temos na vida do outro, e que situações corriqueiras, até mesmo ordinárias, podem mudar nossa vida e a do outro profundamente.

Jardim de Palavras

Quanto à animação, que foi lançada anteriormente ao mangá, o que mais me encantou foi a qualidade do traço, que o mangá conseguiu reproduzir com maestria. Em alguns momentos mais parecia uma pintura de tão linda, e a ilustração do jardim era simplesmente fabulosa, sem falar na trilha sonora que foi de uma delicadeza que em momentos mais emocionantes me emocionaram. Se posso dar uma dica, assista primeiro e depois leia. Há leves diferenças entre a animação e o mangá, que creio eu, foram incluídas na hora de confecção desse ultimo para dar um leve complemento para algumas cenas.

Se recomendo? Com toda certeza, mesmo se você não goste ou não tenha o costume de ler mangás ou assistir animações japonesas. Para nossa sorte a animação está disponível na Netflix, com o nome de The Garden of Words. Se você já assistiu, me conta o que achou, e se não, ficou com vontade de conferir?

 

Forte abraço,

You Might Also Like...

13 Comments

  • Reply
    Clayci
    5 de junho de 2017 at 2:56 pm

    Realmente a capa chama a atenção <3
    Quando li ali em cima o me arrependi me antecipei e pensei poxa era só a capa hauihaihah
    Depois vi que vc gostou da leitura.
    Eu anotei a sugestão pq preciso e muito voltar a ler mangás <3

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 10:59 am

      Espero que você goste quando ler Clayci, ele é muito amorzinho.
      bjus

  • Reply
    Gabriela Soares
    5 de junho de 2017 at 3:00 pm

    Nunca tinha ouvido falar e nunca li mangá, mas a história realmente parece ser bem poética! É realmente uma loucura como ás vezes a gente se sente mais a vontade com desconhecidos do que com pessoas que a gente vê todo dia, né?
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 11:00 am

      Oi Gabi,
      Verdade, acho que é até mais fácil né?
      bjus

  • Reply
    Kaila Garcia
    5 de junho de 2017 at 10:02 pm

    Nunca li mangá, tenho bastante curiosidade, bastante gente gosta, né? Amei a indicação! ❤

    http://www.kailagarcia.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 11:01 am

      Kaila, mangás são maravilhosos, experimenta começar por esse, a história é linda.
      bjus

  • Reply
    Marla Almeida
    6 de junho de 2017 at 12:34 pm

    Oi Amanda,
    Já comentei que não costumo ler mangás, mas fiquei interessada em conferir a animação.

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 11:02 am

      Espero que goste quando assistir Marla.
      bjus

  • Reply
    Thayse
    6 de junho de 2017 at 3:15 pm

    Nossa, parece bem interessante, obrigada pela indicação! Se eu esbarrar com ele em alguma livraria com certeza vou notar e dar uma olhadinha mais de perto, fiquei curiosa!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 11:07 am

      Espero que tenha a oportunidade de ler Thayse.
      bjus

  • Reply
    6 de junho de 2017 at 7:11 pm

    ai que amor <3 vou ver se tem na netflix daqui também. Pior que eu sou exatamente o tipo de pessoa que acha mais fácil se abrir com um estranho do que com conhecidos.

    • Reply
      Amanda Almeida
      8 de junho de 2017 at 11:08 am

      Oi Vê,
      Também sou assim Vê rsrs Espero que tenha na netflix daí.
      bjus

  • Reply
    Beatriz Cavalcante
    9 de junho de 2017 at 1:00 pm

    Eu adoro esses mangás da new pop volume único com histórias bonitinhas e comoventes. Li esse já tem um bom tempo e não sabia q tinha um filme. Já vou procurar quando chegar em casa pq é sempre tão difícil achar animações japonesas na internet com uma qualidade boa que estou agradecendo aos deuses por ter no netflix, HAHAHA.

  • Leave a Reply