Por Amanda Almeida!
Leituras Pessoal

Hábitos de leitura, mudanças e desapego.


Fonte da Img

Oii, tudo bem?
Hoje eu gostaria de falar um pouquinho sobre meus hábitos de leitura e as mudanças drásticas que aconteceram na minha rotina.

Como a maioria sabe, eu blogava no Você é o que lê e o blog, assim como o nome, tinha uma identidade bem literária. Eu criei o blog assim que me formei em letras, pois queria me manter escrevendo sobre livros e literatura, então, tentei manter aquele ritmo de leitura frenético que eu tinha na época da faculdade. Contudo, com o passar do tempo, e com as parcerias, esse ritmo só foi aumentando por conta do blog. Acontece que depois de um tempo todo esse frenesi começou a ter alguns efeitos colaterais, somados a minha rotina de trabalho e estudos. E por conta disso tive o que eu chamo de pior ressaca literária da minha vida. E foi justamente essa ressaca e algumas outras coisinhas que me forçaram a mudar alguns aspectos e a repensar os meus hábitos de leitura.

Antes, eu conseguia ler dois livros por semana, uma média de 8 livros por mês, isso quando o mês era muito bom, em meses mais parados eu lia 4, o que é um bom número, entretanto, hoje, acreditem, eu mal consigo concluir uma única leitura em 30 dias. – Como assim? – Pois é, para alguém que lia tanto, uma verdadeira bookaholic, um único livro por mês parece até uma afronta, mas foi isso a que me reduzi. (chora). Mas pensando bem não é tão ruim. Hoje, mesmo com todo o cansaço da falta de férias, estudos para concurso, e por ai vai, descobri que às vezes o ideal é ir devagar e repensar alguns conceitos, então, vamos a algumas coisas que tenho feito ultimamente.


Fonte da Img

1° Não me forçar a ler. – já ouviu alguém dizendo que quanto mais forçada é uma atividade, menos prazerosa ela se torna? Pois é! Seja ler, blogar, ou fazer qualquer coisa. Quando um hobby vira obrigação, aquela atividade que era tão divertida e relaxante se torna estressante e sem um pingo de estimulo. Por isso, me dei esse tempo e só agora voltei a ler em um ritmo mais maneirado. E estou redescobrindo esse meu habito tão amado. Sabe quando você degusta uma comida, e a come bem devagarinho para não perder a sensação. Está sendo exatamente assim.

2° Repensar sobre o acumulo. Eu sempre tive o sonho de ter uma biblioteca como a da Bela, de A Bela e a Fera, enorme e repleta de livros, contudo, eu não tenho aquele castelo, então é algo meio inviável (a não ser que eu compre um, mas dadas as circunstancias está um pouco difícil rsrsr). Por isso, em um belo dia resolvi dar uma limpa nos meus livros lidos e reavaliar aquilo que fica, o que vai pra doação, e o que seria vendido. E com isso separei duas caixas enormes. Parece uma atitude extrema de mais, mas depois de perceber que eu estava sem espaço pra nada, e ler um post no Vida Organizada sobre os critérios para compra de livros, percebi que as vezes não vale a pena acumular tanto, e que dar a oportunidade de outras pessoas lerem aqueles livros que não serão mais lidos é a melhor opção, tanto pra minha casa, quanto para o próprios livros. Hoje eu compro bem menos e tento sempre olhar pra minha prateleira de não lidos – que está lotada – antes de ter aquela vontade louca de ir na livraria fazer um estrago. Ajuda e muito, acreditem.

Fonte da Img

3° Foco. Hoje estou em um momento decisivo da minha vida. Estou focada em passar em algum concurso, pois tenho o desejo de ter uma vida mais estabilizada. Por isso, algumas atividades mais prazerosas ficaram um pouquinho em segundo plano pra que essa pessoa possa dedicar um pouco mais de tempo para os estudos. Esse é o projeto do momento. Isso pode mudar? Pode! Mas por enquanto estou tentando me organizar ao máximo para me dedicar ao estudo, trabalhar, ler, pois sou filha de Deus e preciso de um pouco de diversão, blogar, mesmo que em um ritmo mais tranquilo, e fazer outras coisas de que gosto. Parece muita coisa, mas a ordem é não entrar em parafuso e fazer sempre o que der pra fazer. Afinal, vi na pele que ficar correndo que nem uma doida não dá muito certo.

Enfim, algumas coisas mudaram, até mesmo algumas de minhas opiniões, mas o importante é que com toda essa calmaria e ritmo mais leve estou me sentido bem mais tranquila e sem aquela sensação de obrigação. E tem valido muito a pena. Então se você se sente um pouco cansado, até mesmo pra fazer aquelas coisas de que tanto gosta, aconselho a você se dar um tempo, e depois começar tudo outra vez, devagarinho, sem cobranças. Você vai ver, vai te fazer um bem danado.

Abraços,
Amanda Almeida

You Might Also Like...

13 Comments

  • Reply
    Larissa Santos
    28 de agosto de 2015 at 1:10 pm

    Oi Amandinha,
    Antes não pensava em desapego haha (amo os meus bebês <3), mas agora nem ligo tanto, os livros que eu tenho certeza que irei reler não dou, apenas empresto, mas aqueles que eu acho que terão morada melhor em outro lugar, dou de coração *—-*
    Tenho que voltar meu ritmo de estudo, porque quando essa greve acabar estarei enrolada O.o
    Boa sorte com seus estudos e boas leituras sempre.
    Beijocas ^^

    • Reply
      Amanda Almeida
      5 de setembro de 2015 at 7:28 pm

      Oi Larissa, tudo bem flor?
      Pois é, antes eu também pensava assim, quanto mais melhor, mas chega a um ponto que simplesmente não dá rsrsrs.
      bjus, e espero que a greve acabe o mais rápido possível.

  • Reply
    Kelen Vasconcelos
    28 de agosto de 2015 at 2:10 pm

    Olá Amanda!

    Preciso dizer que também sempre sonhei em ter a Biblioteca de Bela *-*. Ainda bem que não sou só eu rsrsrs. Concordo com você, ir com calma e se redescobrir sempre é uma boa opção.

    Bjoss
    http://kelenvasconcelos.blogspot.com.br/

  • Reply
    Leticia
    1 de setembro de 2015 at 12:34 am

    Eu tinha certeza que tinha comentado nesse post o_O?!
    Enfim, vou re-comentar (mesmo se o primeiro comentário tenha sido feito somente na minha mente). É que me identifico muito com esse post.. Sou assim também, leio que nem louca, mas daí tem épocas que eu não leio tanto e tenho que tomar cuidado pra não me obrigar a ler só porque sim. Acaba sendo chato e virando uma competição – minha comigo mesma.
    E embora eu ainda adore a cena que a Bela olha todos aqueles livros da Fera e fica deslumbrada, tô doando ou trocando todos os meus livros lidos porque a vida é curta demais pra acumular tanta coisa 😛
    Bjs!

    • Reply
      Amanda Almeida
      5 de setembro de 2015 at 7:51 pm

      Oi Letícia,
      E não é menina, ás vezes até perdemos a oportunidade de abrir espaço para outros bons livros.
      Abraços.

  • Reply
    Joi Cardoso
    2 de setembro de 2015 at 3:20 am

    Oi Amandaaaaaaaa! Força, Foco e Fé! ^^

    É sempre bom dar uma resetada em tudo e começar de onde quisermos! Uma pergunta, fez algum sebo com teus livros ou simplesmente doou?

    Bjs
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    • Reply
      Amanda Almeida
      5 de setembro de 2015 at 7:53 pm

      Oii Joi, tudo bem flor?
      Flor, os livros comprados eu estou vendendo aos poucos, os de parceria eu estou doando para algumas bibliotecas públicas cujos usuários tem o hábito de pegar livros emprestado. 🙂 Acredito que foi um destino melhor.
      bjus.

  • Reply
    Gabi Gouveia
    3 de setembro de 2015 at 7:38 pm

    No ensino fundamental eu dizia que odiava ler (pois era sempre obrigada), até o dia em que assisti Harry Potter e PRECISAVA saber a continuação da história…foi a partir dai que adquiri o hábito da leitura e hoje é um dos meus hobbies favoritos <3

    Amei o post, Amanda.

    Beijos, Gabi.

    • Reply
      Amanda Almeida
      5 de setembro de 2015 at 8:21 pm

      Obrigada Gabi.
      bjus.

  • Reply
    Jessica M
    4 de setembro de 2015 at 6:22 pm

    Poderíamos nos abraçar e chorar juntas porque não tenho mais conseguido ler livros como eu gostaria! hehe
    Já faz alguns meses que não consigo pegar nenhum pra ler :s
    Mas sempre gostei e nunca me forcei a fazer isso não, porque é exatamente isso: a gente força, vira obrigação e o prazer meio que acaba.
    Dar um tempo algumas vezes é necessário 🙂
    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      5 de setembro de 2015 at 8:28 pm

      Oi Jessica!!1
      Então vem cá e me dá um abraço!!!! É exatamente assim, eu fiquei uns 3 meses sem ler nada e nem consegui concluir nada, agora consegui terminar uma leitura e me senti muito, mas muito feliz \o/. Mas vou devagar, e lendo com tranquilidade pra poder aproveitar de verdade esse hobby maravilhoso.
      bjus

  • Reply
    Ryokobel
    5 de setembro de 2015 at 12:49 am

    Oi Amandinha, tudo bem ???
    Sei bem como são importantes essas três coisinhas que você destacou, eu já tive várias fases de leitura. Já li como uma doida, praticamente respirando os livros, já fiquei um ano sem ler livro algum, já passei por fases de leituras mais lentas, mas minhas leituras sempre estão relacionadas ao momento que estou vivendo. Se estou mais “folgada” e com uma organização melhor da minha vida, consigo ler mais, mas o que normalmente acontece é que a vida se intromete e eu acabo lendo menos.
    Adoraria ler oito livros por mês, assim como você leu, mas sei que não conseguiria, e até evito fazer isso pois sei que acabaria me distanciando do amor pela leitura …
    Acho que o que você está fazendo é ótimo, as vezes temos que focar em outras coisas, mas o bom é que nas horinhas de folga você sempre pode ler um pouquinho para distrair !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

  • Reply
    Amanda Almeida
    5 de setembro de 2015 at 8:37 pm

    Oii Bell, tudo bem flor?
    Flor acho que o melhor é ir com calma mesmo, sem pressão e me forçar, e tenho até aproveitado mais esses momentos, ler de uma forma mais tranquila me permite até aproveitar mais a leitura.
    bjus flor.

  • Leave a Reply