Por Amanda Almeida!
Filmes/Séries

Gilmore Girls: Um Ano para Recordar

gilmore
Gilmore Girls Um Ano para Recordar é com toda certeza um belo presente para os fãs da série. Há quem possa dizer que toda essa onda de revival é uma evidência clara de falta de criatividade para criar coisas novas, mas sinceramente, quem nunca ficou com curiosidade de saber o que está acontecendo com seus personagens favoritos? Eu sempre, e assim que o revival enfim ficou disponível, saí correndo e fui assistir. Então vamos ao que eu achei.

Antes de qualquer coisa, essa resenha NÃO CONTEM SPOILERS! Pode ler sossegado ok?

Só agora que me dei conta, tem um único spoiler com relação a um dos personagens da trama, cujo ator infelizmente faleceu em 2014, mas apenas este.(Editado dia 29/11/2016)

Gilmore Girls Um Ano para Recordar foi dividido em 4 episódios, de 1h:30m cada. Cada episódio representava uma estação do ano, e a primeira delas foi o inverno, o que achei bem significativo, pois essa é a estação do ano favorita da Lorelai, e também porque de cara já sentimos um pouquinho do peso da ausência de Richard, que na série tinha acabado de falecer. O ator Edward Herrmann faleceu em 2014 vítima de um câncer no cérebro, e em cada cena em que o Patriarca da família Gilmore era citado, era palpável a emoção das três Gilmore, e não vou mentir que também chorei em alguns momentos, pois o Richard com aquele jeito todo imponente era um de meus personagens favoritos.

Os meus episódios favoritos acredito que são com toda certeza inverno e outono. O primeiro e o ultimo. No primeiro matei a saudade de uma quantidade enorme de personagens queridos e no ultimo tivemos alguns desfechos interessantes, e a impactante fala final, que eu não vou mencionar aqui.

Contudo, apesar da saudade, gostaria de dizer que nem tudo são flores. Houve momentos engraçados, bem típicos da série, momentos tensos, em geral entre Lorelai e Emily, e momentos emocionantes, mas alguns momentos eu julguei desnecessários e até mesmo enfadonhos.

Mas no geral gostei muito. Gostei do fato das coisas não estarem perfeitinhas na vida de nossas meninas. A Rory que era a senhorita certinha estava enfrentando uma situação bem complicada na sua carreira, pois mostra que nem sempre aquilo que idealizamos de fato acontece, por inúmeros motivos. Gostei também de perceber que ela estava um tiquinho irresponsável, e mesmo que algumas escolhas dela foram bem idiotas, foi interessante acompanhar esse outro lado da Rory, algo que não vimos tanto durante as 7 temporadas.

E quanto aos ex-namorados? Sim, temos todos aqui, e foi interessante o sentimento de dejavu nos relacionamentos de Rory, comparados aos relacionamentos da própria mãe. E o mais engraçado é que faz todo o sentido. A vida da Rory de certa forma sempre foi um paralelo a vida da mãe, e por elas serem tão semelhantes em alguns aspectos, não seria impossível que a filha cometesse alguns dos erros que a mãe cometeu. E não achei forçado, simplesmente são coisas que acontecem. Dos encontros dela com o exs, vou ser sincera que dois me emocionaram mais; o dela com o Jess, em um determinado momento lagrimas escorreram dos meus olhos, pois constatei algo que meio que já desconfiava, e o encontro com o Jean, que foi uma das cenas mais lindas de toda a temporada. Depois desses quatro episódios eu mudei de time, mas não vou contar aqui qual, pois vai acabar dado uma dica de algo que eu espero que vocês constatem por si mesmos.

Gilmore Girls

Quanto a Lorelai, apesar de tudo o que ela enfrentou quando jovem, não nego que em determinados momentos a achava arrogante e orgulhosa ao extremo, e foi bom perceber que ela enfim conseguiu enxergar que os seus pais, apesar de tudo o que aconteceu, não eram aqueles monstros horrorosos que ela tanto pintava. E também foi bom acompanhar o relacionamento dela com o Luck e fiquei feliz de ver as coisas como elas estavam. Eles eram um casal como qualquer outro, com dificuldades e momentos mais frios, mas que no fim se amavam de verdade.

E quanto a Emily? Bem, ela roubou a cena nesse revival sem sombra de dúvidas, e amei perceber o desfecho da personagem. Quem acompanhou as temporadas passadas poderia achar que ela era uma mulher fútil e que só se preocupava com as aparências, e de fato o era em muitos momentos, mas foi incrível que depois de ter perdido a pessoa mais importante de sua vida, ela conseguiu levantar a cabeça e seguir em frente, e foi maravilhoso perceber que isso foi possível também por causa da Lorelai.

Enfim, Gilmore Girls Um Ano para Recordar foi uma experiência gostosa e amei matar a saudade de personagens tão queridos. Gostaria que tivesse uma sequência, mas pra ser sincera não tenho certeza de que seja uma boa ideia. Recomendo com toda certeza pra quem é fã da série, pra poder matar a saudade de Stars Hollow, ficar cantarolando aquele la,la,la,la,lala, e também cantar a plenos pulmões “Where you lead, I wil follow…”.

Abraços,

You Might Also Like...

16 Comments

  • Reply
    Fran Oliveira
    28 de novembro de 2016 at 8:13 pm

    Me sinto como um peixe fora d´água, ainda não ter assistido a ser seriado! Parece ser bem interessante e legal… <3 Sua resenha é muito boa, acho que me fez ficar ainda mais com vontade de assistir.
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      29 de novembro de 2016 at 7:57 am

      Que bom que gostou da resenha, espero que goste da série.
      abraços.

  • Reply
    Clayci
    28 de novembro de 2016 at 9:44 pm

    Eu juro que já dei várias chances para essa série, mas eu não consegui me prender =/

    • Reply
      Amanda Almeida
      29 de novembro de 2016 at 7:53 am

      tudo bem Clay, você não é a única rsrsrrs

  • Reply
    Aline Amorim
    29 de novembro de 2016 at 9:47 am

    Só assisti dois episódios e estou amando!!!
    Gostei muito da Emily em todos eles.
    Beijos

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:28 am

      Que bom que está gostando Aline.
      bjus

  • Reply
    Mari
    29 de novembro de 2016 at 2:43 pm

    Acompanhei a série desde o início e fiquei muito feliz quando soube da sua volta. Amo muito os personagens, principalmente a Lorelai. Chorei quando a Rory ficou relembrando os momentos na mansão Gilmore antes de escrever o livro.
    Adorei o post! 🙂
    Beijos!

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:33 am

      Esse momento foi lindo mesmo Mari, bateu uma saudade.
      bjus

  • Reply
    Camila Faria
    30 de novembro de 2016 at 3:25 pm

    Oi Amanda, eu ainda não assisti a série desde o comecinho ~ farei isso em breve! Todo esse hype em torno da volta da série me deixou com vontade de assistir! Beijo :*

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:34 am

      Oi Camila, espero que você goste quado assistir.
      bjus.

  • Reply
    KARINE
    1 de dezembro de 2016 at 11:27 pm

    Eu tb me surpreendi MUITO com a Emily, sério! Meu pensamento sobre ela mudou completamente ♥ esse ~um ano pra recordar~ foi realmente um presente, amei todos os episódios e pra falar a verdade já estou com saudade das garotas Gilmore <3

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:36 am

      Karine, pra mim ela roubou a cena. O final dela foi lindo/triste, mas foi muito coerente, e a reconciliação, digamos assim, dela com a Lorelai, mesmo ambas sendo tão diferente, foi lindo de se ver. E o que eu achei mais legal foi o fato dela não despedir a empregada rsrsr
      bjus,

  • Reply
    Danielle S.
    2 de dezembro de 2016 at 12:06 am

    Ei, Amanda! Eu ainda não assisti a Gilmore Girls, mas está nos meus planos! Eu já vejo TANTA série que colocar uma nova (e uma gigantesca assim) é bem difícil! Mas acredito que em 2017 eu consiga pegar 🙂

    Beijo!

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:39 am

      Oi Danielle,
      Espero que você goste bastante da série.
      bjus

  • Reply
    Andréia Campos
    5 de dezembro de 2016 at 10:19 pm

    Gilmore Girls… muita nostalgia, né?
    Preciso aproveitar para rever tudo… acho que vou aproveitar dezembro, mesmo! É um clima tão gostosinho, combina, né? 🙂

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    • Reply
      Amanda Almeida
      12 de dezembro de 2016 at 11:44 am

      Com certeza Andréia.
      Bjus.

    Leave a Reply