Por Amanda Almeida!
Leituras

A Viagem do Tigre – Colleen Houck


Livro: A viagem do Tigre
Autor(a): Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Avaliação:4/5
Sinopse: Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.
Em A viagem do Tigre, terceiro volume da série A Saga do Tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada em direção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, corações partidos e ação de primeira.

Atenção! Esta resenha é a continuação de A maldição do tigre e de O resgate do tigre. Pode conter spoilers para quem ainda não leu os dois primeiros livros da saga.

Resumo do que se trata: Essa é a terceira parte da aventura de Kelsey em busca de quebrar a maldição dos príncipes indianos que viraram tigres. Cada parte da aventura faz parte de uma profecia, a qual sr. Kadam – mentor dos tigres – traduz, e a cada aventura eles recolhem presentes da deusa Durga. Eles fazem mais uma visita a Phet – protegido de Durga – em busca de palavras de sabedoria sobre a terceira parte da maldição. Descobrem que a próxima aventura esta relacionada com o mar, e que eles devem encontrar alguns dragões no caminho, isso mesmo, dragões. Mas o que mais amedronta Kelsey são os tubarões. Quem iria se preocupar com dragões do mar, não é mesmo?

Esse novo livro é a prova de que a autora tem criatividade que não se acaba, e que surpreende a cada nova página. Não basta inserir dragões à história, devem ser cinco, e cada um representa um elemento da terra. Uma peculiaridade é que os dragões também podem ter a forma humana, quando querem. Nessa aventura vemos Kelsey, Ren e Kishan se aventurando juntos. Sem deixar de mencionar sr. Kadam e Nilima – neta em muitos graus de sr. Kadam. Já que são cinco dragões, se têm cinco aventuras, uma mais perigosa que a outra. Os rumos são incríveis, pois o destino nem é chegar aos dragões e sim ao presente de Durga, mas só se chega ao final passando de dragão em dragão, e cada um, para dar as instruções de como seguir a jornada, propõe desafios para Kelsey e os irmãos. E os desafios são desafiadores demais. Têm dragões bonzinhos e também aqueles que querem porque querem ferrar com tudo. A aventura mescla demais o físico e o mental dos personagens.

Se trata de uma eximia aventura, com direito a tudo, menos sossego. Sempre comento que eu achava um mimimi o romance, e ele ficou sendo um tanto patético, pois em decorrências à alguns detalhes do livro anterior, temos um conflito ainda maior em relação a Ren, e isso acaba com um triângulo amoroso, e eu detesto triângulos amorosos, parecia Eclipse da Saga Crepusculo. Mas enfim, isso não estragou a aventura e a história, só deixou um tanto irritante, pois teve muitos conflitos, decisões e pensamentos de Kelsey, já que ela é quem narra a história, com certeza deu uma apimentada nos risco, por assim dizer. Os cenários, marinhos dessa vez, são incríveis. As descrições dos dragões e dos monstros marinhos são muito bem feitas. A cultura e mitologia continuam incríveis e cavando ainda mais a curiosidade do leitor, transmitindo coisas novas
.
Esse terceiro livro e muito bem desenvolvido na aventura, é rico demais, porém dos três, até agora, ele é o que menos gostei, acredito que por questão pessoal do romance. Pois sou team Ren eternamente. Sobretudo, recomendo de olhos fechados, pois é uma aventura que é surpreendente, a autora realmente é uma máquina de aventuras, uma mais incrível que a outra, e ao acabar cada livro dá mais vontade de descobrir o final, e agora estamos perto, e algo me diz que não será nada fácil ou simplório.
Beijos, Paula.

You Might Also Like...

10 Comments

  • Reply
    Ana Paula Barreto
    15 de dezembro de 2014 at 12:05 pm

    Realmente a autora parece ter uma baita criatividade e consegue misturar elementos “mitológicos” com a cultura do local, e isso é fantástico. Gosto de toda a ação e aventura propostas na trama.
    E esse romance? Dá o que falar. Já li resenhas de pessoas apaixonadas por um e por outro, e todas são convictas! rs Como não li ainda, me abstenho de opiniões nesse sentido! rs
    bjs

  • Reply
    Larissa Santos
    15 de dezembro de 2014 at 1:17 pm

    Oi Paula,
    Entendo o motivo de não ter gostado tanto rsrs, mas eu simplesmente AMEI! Sou team Kishan <3 <3 <3 eternamente, mas é indiscutível a criatividade da autora eu amei a história a cada página. Boa leitura ^^ o próximo volume é divo.
    Beijocas ^^

  • Reply
    Ágata Bresil
    15 de dezembro de 2014 at 2:41 pm

    Eu tenho ouvido falar desse livro por muito tempo agora, mas eu não sabia que já tinha chego ao terceiro volume. É interessantíssimo e pretendo ler. É bem comum que conforme algumas sagas avancem, os livros percam a qualidade, mas apenas se o autor não for extraordinariamente bom hahaha, afinal, nunca continua a mesma coisa, às vezes o tom muda bastante.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    • Reply
      Paula Zawatski
      28 de dezembro de 2014 at 9:57 pm

      Olá, Ágata, então, a série me parece que já foi toda lançada, com quatro livros e mais um anexo, e a resenha do quarto logo chega no blog.
      Se arrisque na leitura 🙂

  • Reply
    Raysa Dias
    15 de dezembro de 2014 at 10:08 pm

    Oi, Paula! Já faz um bom tempo que li A Viagem do Tigre e lembro que gostei bastante. Acho que nesse livro a Colleen se superou no quesito ação e aventura. Achei ela bem criativa. Já quanto ao romance, essa foi minha decepção. Não curti o triangulo amoroso e o desenvolvimento dos personagens. Antes para mim o Ren era um personagem apaixonante, nesse livro ele ficou arrogante e bem chato. Já o Krishan é puro amor! Estou enrolando para ler o O Destino do Tigre, mas espero fazer em breve!

    Beijos!

  • Reply
    Joi Cardoso
    21 de dezembro de 2014 at 8:30 pm

    Oi Paulinha tudo bem? mais um livro da série que tu me deixa mais do que curiosa hahaha, fico sempre muito curiosa, mas por enquanto prefiro não começar outra série! Parabéns pela resenha!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

  • Reply
    Gladys
    22 de dezembro de 2014 at 10:45 pm

    Já tinha lido em outras resenhas que esse volume foi o que menos agradou…
    Muito criativa a autora, mas essa temática não desperta minha curiosidade.

  • Reply
    Débora Costa
    25 de dezembro de 2014 at 7:42 pm

    Ainda não consegui continuar essa série, mas confesso que a cada resenha eu fico com mais vontade de ler. O primeiro livro me encantou muito, eu só não consegui continuar a leitura.

    http://laoliphant.com.br/

    • Reply
      Paula Zawatski
      28 de dezembro de 2014 at 10:00 pm

      Olá, Débora, pois o primeiro livro é muito apaixonante mesmo, e os outros não perdem muito, e o último consegue ser melhor, não perca tempo e se anime a ler os outros 😉

  • Reply
    Georgia @stupidlambgirl
    28 de dezembro de 2014 at 7:52 pm

    Já estou sonhando e pensando positivo para este livrinho vir se juntar aos seus dois primeiros irmãos aqui em casa rs!!
    Eu me apaixono a cada resenha pois só leio opiniões positivas e apaixonadas!

  • Leave a Reply