Dicas de DIY para decorar o seu quarto.

Dicas de DIY para decorar o seu quarto

 Fonte da imagem.


Oi, oii, tudo bem?
Se tem uma coisa que eu amo, apesar de não fazer com tanta frequência, é itens de decoração feitos por mim mesma. Parece que quando criamos ou fazemos algo aquele item se torna ainda mais especial e único, pois é algo que é apenas nosso e que mais ninguém tem. Pensando nisso e depois de ficar navegando pelo Pinterest por horas, resolvi trazer pra vocês alguns de meus DIY favoritos que vão te ajudar a incrementar na decoração do seu quarto, escritório, você é que decide.

Porta Canetas ou pincéis feitos de lata de alumínio.
Porta Canetas ou pincéis feitos de lata de alumínio.

Acredito que todo mundo tenha uma lata de leite, ou achocolatado em casa né? Então, esse DIY é simples e ainda ajuda na reciclagem das latas de alumínio, sem falar que você pode utilizar uma infinidade de materiais para decorá-las.
Tutorial no blog Tori & Jayne

Terrário com rosa
Terrário

Já vi inúmeros terrários, mas confesso que esse foi o que mais me chamou a atenção, pela simplicidade e delicadeza. Se você gosta de uma decoração bem romântica mas ao mesmo tempo delicada, esse é o DIY perfeito. E o melhor é que você pode trocar a flor toda semana, ou se não conseguir trocar com frequência, podes também colocar uma flor feita de papel ou artificial. Fica a seu critério.
Tutorial no blog Something Turquoise

Porta grampos
Porta grampos

Sabe aqueles grampos que tem por habilidade desaparecer? Pois os seus problemas acabaram!!! (Essa frase é muito Organizações Tabajaras rsrsrs) Que Tal fazer esse porta grampos com a embalagem de Tic tac? E nem precisa ser necessariamente tic tac, qualquer potinho que você tenham pode ser utilizado, basta soltar a imaginação.
Tutorial no blog Lovelly Indeed

Letra decorativa
Letra decorativa

Letras decorativas são ótimas para decorar o ambiente e deixá-lo único. Também servem para compor um cenário bem legal, caso você goste de fotografar ou gravar vídeos. Esse tutorial achei particularmente bem simples e intuitivo, e você nem vai precisar gastar tanto para fazê-lo.
Tutorial no blog Lulus

Porta Vela bem bonito.
Porta Vela bem bonito.

Se você é como eu, que morre de medo de acender velas no quarto com medo de colocar fogo nas coisas, esta talvez seja a solução. Esse DIY é bem simples, mas tem um quê de sofisticação. Pode ser adaptado de acordo com a decoração do seu quarto ou com a sua proposta. E caso você ainda prefira não colocar uma vela, pode colocar aquelas lanterninhas a bateria dentro do jarro que também fica lindo.
Tutorial no blog the budget decorator

Espero que vocês tenham gostado das dicas de DIY de hoje, prometo que volta e meia vou trazer mais dicas de DIY bem simples pra gente poder colocar a mão na massa e deixar a criatividade fluir.

Forte abraços,

Como me mantenho criativa.

criatividade
Criatividade é algo interessante. Algumas pessoas são obviamente muito criativas, e outras pessoas costumam dizer que não o são, que simplesmente não nasceram com esse dom. Mas será mesmo que isso é verdade? Será mesmo que a criatividade é um dom aleatório que foi feito apenas para uns e não para outros. Há muito tempo, anos na verdade, quando me vinha a mente a palavra criatividade eu já pensava naquelas pessoas mais inclinadas ao perfil artístico, desenhistas, escritores e por ai vai; mas a verdade é que as pessoas, não importa a inclinação, podem ser extremamente criativas e podem cultivar essa criatividade, pois ser criativo não se restringe apenas a uma determinada disciplina ou campo da vida, a criatividade pode ser aplicada a tudo.

A grande questão na verdade é como nos manter criativos. Como blogueira tento sempre trazer posts legais aqui pro blog, mas confesso que ás vezes me sinto um pouco desanimada, pois muitas vezes queria trazer algo a mais, um pouco mais incrementado, mas na maioria das vezes, pelo meu ponto de vista, parece apenas um pouco mais do mesmo que já tenho feito.

Com a mudança do blog e a ampliação dos conteúdos, tentar trazer coisas novas pra cá tem sido até algo mais fácil do que era antes quando o blog era apenas literário, mas mesmo com toda essa gama de conteúdos ás vezes parece que a inspiração para postar evapora, por isso pensei em compartilhar com vocês como tento me manter criativa quando a inspiração vai embora e as ideias estão completamente em branco.

Leitura

Leitura é algo que de forma direta ou indireta sempre me inspira. Ás vezes leio algo em um livro, ou até mesmo um post de algum blogueiro que sempre visito, que acaba me inspirando para elaborar um post, ou até mesmo escrever ou fotografar algo. Então, se você é um amante da leitura, uma dica para sempre se manter inspirado e com novas ideias, é ler. Leia sobre assuntos que te interessam, e assim você sempre vai renovando suas inspirações e ao mesmo tempo exercitando sua criatividade para criar coisas novas.

Musicas

Tire um dia pra relaxar, escute as musicas que você mais gosta e pense no porquê de gostar tanto delas. De vez em quando, quando preciso relaxar, coloco minhas musicas favoritas bem alto e vou escutando cada uma delas. Algumas presto atenção apenas no ritmo, outras a letra, e de alguma forma elas me relaxam e me inspiram, e acabam rendendo em boas ideias.

Sites

Um dos sites que mais me inspiram é o Pinterest. Acredito que já falei inúmeras vezes dele aqui no blog, mas é porque esse site é muito amor. Tem de tudo um pouco, e basta uma palavra na busca para aparecerem uma infinidade de referências aquele determinado assunto. Nos meus dias mais sombrios de falta de inspiração, quando a criatividade tá bem em baixa, o Pinterest é a minha salvação.

E por fim, não se cobre tanto.

Não sei vocês, mas quando me cobro ou quando estou ansiosa, parece que nada sai direito, fico completamente bloqueada e em consequência não consigo colocar nada que por ventura estava planejando em prática. Então, o melhor mesmo é relaxar. Se algo não saiu como planejado, não fique angustiado, por mais difícil que seja, apenas continue fazendo cada coisa com muita dedicação e amor, que uma hora os resultados aparecem (nós blogueiros que o diga né?).

Espero que esse post os ajude de alguma forma; e compartilha comigo o que vocês fazem para se manterem sempre inspirados e criativos.

Forte abraço,

Filme – Brooklyn

Brooklyn
Desde que vi o trailer desse filme fiquei simplesmente apaixonada pela fotografia, e em consequência com uma vontade enorme de assistir ao filme. Confesso que apesar da curiosidade, não esperava muito do filme, e isso foi muito bom, pois me surpreendi no fim.

Ellis Lacey é uma jovem irlandesa que se muda para os Estados Unidos, mais especificamente para o Brooklyn, em busca de oportunidades. A principio Ellis sentiu muito a mudança, pois ela ficaria longe de sua mãe e irmã, e de tudo o que estava acostumada na Irlanda, contudo, ela foi se adaptando a nova rotina, às pessoas e também ao trabalho, e com isso o Brooklyn começou a se tornar um verdadeiro lar pra ela.

Acredito que isso é o principal ponto do início do filme, a adaptação de Ellis a esse novo lugar, com hábitos e pessoas completamente diferentes das pessoas de sua cidade natal. As mudanças são visíveis, e isso foi o que mais me tocou, pois no inicio quando ela está indo para Nova York, ela recebe algumas dicas de como se portar e qual a imagem que ela deveria passar para as pessoas, e tempos depois é justamente ela quem passa pra frente esses conselhos.

Podemos dizer que esse filme é dividido em duas partes, a parte da adaptação da personagem àquele novo lugar, e a parte do conflito da escolha. Ellis se adaptou bastante a vida na América e encontrou no italiano Tony Fiorello o amor e a oportunidade de experimentar inúmeras coisas que ela nem imaginava que pudessem acontecer com ela enquanto estava na Irlanda. Contudo, uma situação a forçou a voltar para sua cidade natal, e a deixou dividida entre os deveres com a família e o seu amor por Tony.

Brooklyn

Esse momento foi bem complicado e eu fiquei angustiada juntamente com a personagem. Sabe aqueles momentos em que sua vida tá parada, nada acontece, ai você muda radicalmente, ai quando você volta, as coisas começam a acontecer na sua vida naquele lugar em que nada acontecia? Foi justamente isso que aconteceu com a Ellis, e isso foi o que tornou a decisão ainda mais difícil.

Quanto a outros aspectos do filme, me apaixonei pela fotografia e pelo figurino, e mesmo sendo um filme ambientado na década de 50, muitas das composições eu usaria com toda certeza. E uma observação que eu gostaria de fazer é quanto à paleta de cores utilizada para a composição dos looks do filme. A princípio a paleta utilizada pela personagem é mais séria e contida, mas quando ela começa a “desabrochar” digamos, a paleta de cores utilizada é bem mais alegre, e transparecia a felicidade de Ellis.

Brooklyn

Quanto às atuações, no elenco temos Saoirse Ronanque como Ellis e atuou de maneira magnifica; Emory Cohen como Tony, e gostei da atuação dele, não o conhecia, mas fiquei encantada pelo Tony; temos também a querida Julie Walters, nossa eterna Molly Weasley como a dona da pensão onde Ellis morava, e muitos outros. O elenco foi muito bem composto e gostei das atuações de maneira geral, quanto a isso não tenho o que reclamar.

Enfim, Brooklyn é um filme com uma boa história, fotografia impecável e que emociona. Fiquei sabendo que o filme vai virar uma série de TV e isso me animou bastante, pois apesar de ter gostado e muito do filme, queria que os acontecimentos não passassem tão rápido, e acredito que com a série muitas coisas poderão ser exploradas.
Vocês já assistiram ao filme? Gostaram? Se não, pretendem ver?

Abraços,